• Rio de Janeiro/RJ: (21) 3439-8999
  • Londrina/PR: (43) 3323-8744
Compartilhe:

Reeducação Alimentar para o Equilibrio Hormonal com dieta em zona

Todo o tratamento de modulação hormonal bioidêntica deve ser acompanhado com a reeducação alimentar da dieta em zona (dieta de equilíbrio hormonal), pois assim existe sinergismo de resultado, ou seja, 1 + 1 = 3.  

 

O que é dieta em zona ou dieta de equilíbrio hormonal ?

A Dieta em Zona se baseia na composição genética do homem, sendo assim contribui para retardar o envelhecimento na restrição de calorias, mas não restringindo os nutrientes essenciais. Na Dieta em Zona podemos ver como os alimentos são nossos principais aliados na prevenção, tratamento e controle de doenças. Ela é diferente das dietas comuns, pois não visa somente o emagrecimento ou a contagem calórica, mas tem como principal interesse equilibrar o estado geral de saúde do corpo e da mente.

 

A Dieta em Zona tem como objetivo manter sob controle a produção de insulina e impedir o consequente ganho de peso, diminuição de sintomas de doenças como depressão, menopausa, hipertensão, diabetes e câncer.  Várias celebridades como Brad Pitt e Madonna seguem essa dieta.

 

 

dieta.JPG

                             Dieta em Zona                                                Dieta Tradicional

 

Acima, podemos comparar a pirâmide alimentar da dieta em zona que consiste em 40% de Carboidratos, 30% de proteínas e 30% de gorduras monoinsaturadas, enquanto a pirâmide da dieta tradicional consiste em 70% de Carboidratos, 15% de proteínas e 15% de gorduras. 

 

A dieta em zona terá como principal fonte de energia o ácido graxo essencial Omega-3 que em boas quantidades será convertido em ácido aracdônico (eicosanoides ruins), e em quantidade moderada se transforma em bons eicosanóides. Acima, podemos comparar a pirâmide alimentar da dieta em zona que consiste em 40% de Carboidratos, 30% de proteínas e 30% de gorduras monoinsaturadas, enquanto a pirâmide da dieta tradicional consiste em 70% de Carboidratos, 15% de proteínas e 15% de gorduras. A dieta em zona terá como principal fonte de energia o ácido graxo essencial Omega-3 que em boas quantidades será convertido em ácido aracdônico (mau eicosanoides), e em quantidade moderada se transforma em bons eicosanóides.

 Dieta em Zona Rio de Janeiro 3.jpg

 Composição calórica da Dieta "Saudável"

 

         Dieta em Zona Rio de Janeiro 4.jpg

 

Composição calórica da Dieta em Zona

 

Os eicosanóides foram descobertos em 1936. Em 1982 ficaram em destaque, pois o Prêmio Nobel de Medicina foi conferido à pesquisa sobre eles. Os eicosanóides são constituídos por blocos químicos de ácidos graxos essenciais adquiridos através da gordura nutricional (1). Os eicosanóides são hormônios muito poderosos, pois eles que sustentam e controlam nosso sistema respiratório, cardiovascular, imunológico, reprodutivo, sistema nervoso central, etc. 

 

Os eicosanóides foram descobertos em 1936. Em 1982 ficaram em destaque, pois o Prêmio Nobel de Medicina foi conferido à pesquisa sobre eles. Os eicosanóides são constituídos por blocos químicos de ácidos graxos essenciais adquiridos através da gordura nutricional (1). Os eicosanóides são hormônios muito poderosos, pois eles que sustentam e controlam nosso sistema respiratório, cardiovascular, imunológico, reprodutivo, sistema nervoso central, etc.

 

Dieta em Zona Rio de Janeiro 5.jpg

 

Eles duram apenas segundos em nosso organismo, depois de fazerem o seu papel, se autodestroem. São vistos como os maiores reguladores do funcionamento celular, ativando e desativando as células de nosso organismo a cada segundo.  Existem bons e maus eicosanóides, por exemplo, o excesso de maus eicosanóides induz à hipertensão arterial e a falta deles pode causar hipotensão arterial o que pode levar o indivíduo ao choque. Se possuirmos os eicosanóides em equilíbrio, significa que estaremos sadios, porém se há um desequilíbrio significa estado de doença. Ou seja, não precisamos nem de muito e nem de pouco desses hormônios, precisamos apenas manter o equilíbrio dos eicosanóides em nosso organismo, e esse equilíbrio se dá através do eixo insulina-glucagon.  Eles duram apenas segundos em nosso organismo, depois de fazerem o seu papel, se autodestroem. São vistos como os maiores reguladores do funcionamento celular, ativando e desativando as células de nosso organismo a cada segundo.  

 

Existem bons e maus eicosanóides, por exemplo, o excesso de maus eicosanóides induz à hipertensão arterial e a falta deles pode causar hipotensão arterial o que pode levar o indivíduo ao choque. Se possuirmos os eicosanóides em equilíbrio, significa que estaremos sadios, porém se há um desequilíbrio significa estado de doença. Ou seja, não precisamos nem de muito e nem de pouco desses hormônios, precisamos apenas manter o equilíbrio dos eicosanóides em nosso organismo, e esse equilíbrio se dá através do eixo insulina-glucagon. 

 

Dieta em Zona Rio de Janeiro 6.jpg

 

A insulina é um hormônio liberado pelo pâncreas para reduzir os altos níveis de glicose no sangue e o glucagon tem como função levar a glicose para a corrente sanguínea em casos de hipoglicemia. Quando fazemos uma dieta de carboidratos de alto índice glicêmico, conseqüentemente o nível de glicose sanguínea ira aumentar, sendo assim o pâncreas entenderá que é preciso liberar a insulina, para diminuição da glicose, porém como a quantidade de glicose está em excesso, a insulina também será liberada em excesso.

 

 

É preciso entender que a gordura dietética, irá liberar ácidos graxos essenciais que estimulam a produção de glucagón e a formação de bons eicosanóides. Esses mesmos ácidos graxos obtidos através da dieta ao produzirem grandes quantidades de insulina se resultam na formação de maus eicosanóides. A produção dos maus eicosanóides se dá pelo aumento da síntese de ácido graxo que se transforma em ácido aracdônico. O ácido aracdônico em quantidades excessivas é um veneno para nosso organismo, pois causa a agregação de plaquetas e a falta dele também é muito prejudicial pois por exemplo, quando nos cortamos podemos não parar de sangrar, por isso a Dieta em Zona também contribui para o equilíbrio desse importante eicosanóide que contribui para a formação de Tromboxanos (agregação plaquetária), Prostaglandinas ( Sistema imunológico frágil e dor) e Leucotrienos (alergias da pele).

 

 

Os principais fatores que desequilibram os eicosanóides são: uma dieta com alta ingestão de carboidrato; alto consumo de Omega-3 e gorduras trans, pois ativa a super produção de insulina; as viroses e o estresse.  Os fatores de estresse aumentam a produção de adrenalina e cortisol (2). O cortisol em excesso aumenta os níveis de insulina o que contribui para a produção de maus eicosanóides. Como já sabemos a alta dosagem de insulina resulta na produção de maus eicosanóides, e o equilíbrio desses eicosanóides, na liberação de insulina e glucagon, só é possível através da dieta com proporção correta de 40% de carboidratos favoráveis, 30% de proteínas e 30% de gorduras monossaturadas em todas as refeições, inclusive aos lanches.  Como exemplos de carboidratos favoráveis, temos as frutas, verduras, legumes e cereais integrais. As proteínas de melhor opção são o frango sem pele e sem gordura e o peixe, a soja,ovos, laticínios, lentilha, algas, grão de bico, etc. Já, as fontes de gorduras essenciais são o azeite de oliva extra virgem, amêndoas, pistache, óleo de peixe, linhaça, etc.

 

 

A gordura nutricional é composta por ácidos graxos essenciais sendo o Omega-3 o mais importante na prevenção de doenças cardiovasculares, Obesidade, Alergias, Diabetes, Alzheimer, Artrite, dentre outras patologias. O Omega-3 diminui a quantidade de triglicerídeos, diminui a coagulação sanguínea, e arritmias ventriculares. 

 

 

Os principais benefícios da dieta em zona são:

 

-Diminuição do volume corporal, perdendo gordura e não músculos ou água.

- Aumento do percentual de músculos.

- Regulação hormonal e vitamínica.

-Ausência da sensação de fome entre as refeições.

-Menor apetite por coisas doces como tortas ou outras guloseimas.

- Boa concentração mental.

- Ausência do cansaço físico e mental.

- Maior vitalidade e rendimento físico.

 

Tabela de índice glicêmico, importante na dieta em zona:

tabela de indice glicemico - dieta em zona.png

 

           

Maiores informações sobre como funciona nosso programa de reeducação alimentar e dieta em zona com modulação hormonal bioidêntica entre em contato com a Clínica Higashi em Londrina (tel: 43-33238744) ou Rio de Janeiro (21-34398999).

 

 

 Referências:

1. Sear B, Lawren B. O ponto Z. A dieta. 15ª Ed. Elsevier. 1997; Rio de Janeiro.

2. Disponivel em: WWW.enerzona.net/practica-la-zona/index.php. Acesso em 22.08.2011.

3. Peixoto JC, Feijó AP, et al. Rev. Eletronica Novo Enfoque. 2011; 12 (12);p.47-67.

 

Produzido por: Clínica Higashi - Educação e Pesquisa Clínica em Ortomolecular e Nutrologia Rio de Janeiro e Londrina