• Rio de Janeiro/RJ: (21) 3439-8999
  • Londrina/PR: (43) 3323-8744
Compartilhe:

Tratamento Ortomolecular da Fibromialgia e Fadiga Crônica

A fibromialgia é uma doença   caracterizada por fadiga   crônica  , falta de  sono e dores musculares intermitentes . Outros  sintomas  incluem alterações  cognitivas e de humor , sintomas  digestivos , sensibilidades a alimentos e a químicos e dores de cabeça crônicas .

 

O que é síndrome de fadiga crônica 

 

A fadiga crônica   afeta o cérebro e múltiplos sistemas do corpo. É definida pela fadiga incapacitante que não é aliviada com repouso e quatro ou mais dos seguintes sintomas    por pelo menos seis meses: alteração da memórias  de curto prazo ou concentração que afeta o significativamente as atividades normais com dor de garganta, linfonodos no pescoço  ou axilas , dores musculares e articulares , dores de cabeça e mal - estar  geral que dura mais de 24 horas após esforço físico .

 

Fibromialgia e fadiga crônica 

 

Cerca de dois terços das pessoas com fadiga crônica também satisfazem os critérios de diagnóstico de fibromialgia  , e vice -versa ou todas . Os pacientes com fibromialgia e fadiga crônica muitas vezes têm algumas  ou todas estas questões médicas sobrepostas como Síndrome do intestino   irritável , múltiplas sensibilidade químicas , síndrome da dor miofascial , depressão , sensibilidades  alimentares , infecções  fúngicas , doenças celíaca, intolerância á lactose , apnéia do sono  e síndrome das pernas inquietas .

 

 

A conexão com leveduras 

 

Infecções crônicas ou recorrentes de leveduras são comuns em pessoas que sofrem com  fibromialgia e fadiga crônica. Certas espécies de levedura são parte do organismo normal do trato gastrointestinal e outras são tóxicas e caso as tóxicas se proliferem  podem contribuir para os sintomas muitas vezes vagos que os pacientes relatam. Medir os metabólicos ou subprodutos das leveduras, como feito no exame de ácidos orgânicos urinários pode ajudar a determinar  a disbiose (desequilíbrio na flora do trato gastrointestinal) que pode ser um fator de sintomas do paciente, por exemplo, o ácido  tartárico é um análogo estrutural  do ácido málico , um intermediário  chave no ciclo de Krebs , que extrai  a maior parte da energia da nossa alimentação . O  acido tartárico pode estar elevado em até 50 vezes o normal em adultos com fibromialgia e interferir com o ciclo de Krebs.   Essa interferência pode explicar a fadiga e hipoglicemia visto em muitos pacientes com   FM, mesmo que eles consumam uma quantidade excessiva de açúcar  .

 

Fatores que contribuem para a proliferação  das leveduras 

 

O uso de antibióticos de largo espectro e uma dieta com alto índice glicêmico e baixo teor de fibras presentes na dieta ocidental promove a proliferação de leveduras . O aumento de leveduras do nosso organismo pode ser tratado com uma combinação de fitoterápicos, drogas antifúngicas ,  probióticos entre outras, que devem ser avaliado caso a caso com seu médico nutrólogo que tenha conhecimento na medicina ortomolecular.

 

fibromialgia tabela.png

 

Outros fatores que contribuem para a fibromialgia e fadiga crônica  

 

  

Aminoácidos  

Estudos confirmam que pacientes com fibromialgia são deficientes em numerosos aminoácidos essenciais, a verificação   dos níveis de aminoácidos  é parte integrante de qualquer avaliação metabólica e nutricional. Os aminoácidos  desempenham um papel importante  no funcionamento dos neurotransmissores, colesterol, metabolismo de carboidratos, processos inflamatórios e de desintoxicação . Níveis baixos de aminoácidos podem aumentar a susceptibilidade  ao risco de várias doenças e  causar fadiga e mal -estar geral.

 

Proteína C-Reativa 

A proteína C-Reativa (PCR) é uma proteína de fase aguda do stress que é uma resposta dor organismo a infecção ou lesão. Em adultos , o PCR  é um marcador importante de doença cardiovascular e artrite reumatoide.  O aumento do PCR  sugere uma forte ligação entre estas  condições e infecção bacteriana ou viral. 

 

Metais 

Metais tóxicos, como o mercúrio , chumbo , alumínio e cádmio podem afetar o desenvolvimento  funcionamento  neurológico e saúde em geral .

Resultados de exames mostram frequentemente níveis elevados de metais pesados ,  juntamente  com distúrbios neurológicos, fadiga crônica e em indivíduos aparentemente saudáveis , mas que não sentem "100"%. Muitos sintomas de envenenamento por metais pesados são idênticos aos sintomas de distúrbios neurológico e psiquiátricos .  Portanto é difícil identificar  a causa destas doenças sem testes laboratoriais  adequados .

 

Alergias Alimentares IgG

Alergias alimentares IgG ou intolerância muitas vezes podem ser fatores que contribuem para os sintomas  .

Reações  alimentares  IgG são muitas vezes  sutis  e tardias , a correlação entre os alimentos e os sintomas são geralmente ignoradas. Intolerâncias alimentares podem intensificar os níveis de dor e causar fadiga problemas  de  sono   , falta  foco  e sensibilidade a luz  e ao barulho .

Em um estudo em pacientes com fibromialgia que foram submetidos   a testes   de alergias alimentares tardias do tipo IgG, após a eliminação dos alimentos  agressores , 63% dos participantes indicaram melhoria de saúde e redução do sintomas em comparação com o seu estado de saúde antes da dieta .

 

Vitamina D

Indicação para testar a vitamina D incluem : Dores persistentes e dores  musculares inespecíficas , sinais de depressão e falta de energia .

 

 

A Clínica Higashi investiga fatores nutrológicos em doenças crônicas , tais como, autismo, TDAH e fibromialgia em parceria com laboratórios de referência  faz uma investigação global metabólica, imunológica , deficiências de aminoácidos , níveis de colesterol , mineralograma (capilar ,urina, urina, sangue), hormônios  e intolerância alimentar .  

 

TESTES  NUTROLÓGICOS E ORTOMOLECULAR QUE PODEM SER RECOMENDADOS PARA FIBROMIALGIA E FADIGA CRÔNICA

 

  • Teste de ácidos orgânicos
  • Aminoácidos na urina/ plasma
  • Coprológico completo
  • Teste de peptídeos de glúten e caseina
  • Teste de intolerância alimentar IgG c/ cândida.
  • Mineralograma capilar
  • Metais pesados na urina
  • Proteina C Reativa
  • Vitamina D
  • Hormônios

 

obs: cada teste acima deve ser avaliado individualmente após consulta médica especializada.

 

Mais informações tel: 21-34398999 ( Clínica Higashi Rio de Janeiro) ou 43-33238744 ( Clínica Higashi Londrina).